fbpx skip to Main Content
Tudo O Que Você Gostaria De Saber Sobre A Central De Laudos Que Nunca Ninguém Te Contou

Tudo o que você gostaria de saber sobre a central de laudos que nunca ninguém te contou

Nos últimos anos, o desenvolvimento da tecnologia proporcionou o surgimento da central de laudos, uma forma eficiente de emitir laudos totalmente à distância e de forma segura. 

Além do acesso e compartilhamento descomplicados, médicos radiologistas agora conseguem ser mais produtivos e reduzirem custos. 

Quer saber como funciona a central de laudos

Continue lendo este artigo e descubra tudo sobre essa tecnologia, que pode impulsionar ainda mais o seu negócio! 

O que é um laudo laudo à distância?

A telerradiologia é uma área da telemedicina que permite com que médicos radiologistas possam realizar diagnósticos e desenvolver laudos de exames médicos através da internet. 

Para emitir o laudo à distância, utilizando-se da tecnologia da central de laudos, primeiro o exame é realizado em uma clínica. Depois, é enviado ao médico, que trabalha remotamente. 

Na sequência, o profissional visualiza as imagens e pode interpretá-las e reconstruí-las para, então, emitir o laudo. Com conexão via internet, o arquivo é recebido em instantes. 

Todo esse processo só é possível por meio de um software específico para clínicas de radiologia que possuem a funcionalidade da central de laudos.

Benefícios da central de laudos

Um dos objetivos da emissão de laudos à distância por meio da central de laudos é diminuir a distância entre o médico e o paciente, assim como levar esses diagnósticos a estabelecimentos que não possuem especialistas em radiologia.

Utilizar a central de laudos traz benefícios em diversas esferas. 

Para o paciente, oferece resultados em curto prazo, permitindo o diagnóstico precoce de doenças. Para os profissionais, redução de custos e segurança dos dados.

Conheça mais sobre as vantagens da central de laudos:

  • Acesso e compartilhamento descomplicados

Na versão mais moderna da central de laudos, dados como imagens e outras informações necessárias ficam armazenados na nuvem, de modo que podem ser acessados de forma remota a partir de diversos dispositivos, como computador, celular e tablet. 

Assim, basta estar conectado à internet e possuir um login e senha para acessá-los.

O médico radiologista também pode compartilhar o laudo com outros profissionais, para obter um diagnóstico mais completo do paciente.

  • Atendimento à distância

A central de laudos também permite levar serviços a locais afastados de capitais, que com frequência sofrem com a falta de profissionais e de equipamentos adequados. Por conta disso, o profissional radiologista pode ter dificuldade na hora de acessar exames que requerem mais precisão sem pagar muito.

Apostar em uma central de laudos é uma forma de ter acesso fácil aos seus laudos, sem precisar de uma estrutura que não costuma existir em hospitais menores.

Mesmo à distância, o profissional consegue fazer uma análise e entregar os laudos rapidamente, de acordo com a necessidade da região atendida. 

Também é possível consultar especialistas que estão longe, que podem complementar a análise do diagnóstico. E com custos baixos, já que não é necessário deslocar os profissionais ou os equipamentos.

  • Mais dados e mais segurança

A substituição dos laudos impressos pela central de laudos auxilia a prevenir os dados da clínica, que não ficam vulneráveis a agentes externos, como sobrecarga de servidores físicos, por exemplo. 

As informações também podem ser acessadas com mais facilidade e ainda com podem ser extraídos indicadores e outras métricas de evolução para a clínica. 

É uma forma de controlar os processos para resolver problemas e melhorar a produtividade de maneira mais ágil e assertiva.

Além disso, armazenar imagens dos exames na central de laudos é mais seguro, pois não há o risco de os equipamentos físicos (HD’s) serem perdidos, roubados ou danificados.

  • Legislação

Para atuar com telerradiologia, a empresa precisa se adequar em termos jurídicos e de operação. Por isso, o alvará é avaliado, assim como a autorização para exercer a atividade.

A prática da telerradiologia é regulamentada pelo Conselho Federal de Medicina, na resolução Nº 21072014, que aborda questões referentes à atividade.

Ela define, por exemplo, que implantar serviços de telerradiologia requer infraestrutura adequada e equipamentos que sejam avaliados de forma contínua. 

O corpo clínico deve ser composto por profissionais da medicina especializados em radiologia ou em diagnóstico por imagens. Só assim eles podem emitir e trabalhar efetivamente com a central de laudos.

Como encontrar a melhor central de laudos para a sua clínica? 

O ONRAD tem uma solução específica para que a sua central de laudos opere com eficiência. 

Trata-se de um PACS nacional de referência na radiologia, desenvolvido pela 2M Solutions, visando solucionar os travamentos no momento de compartilhar dados de exames pela internet.

O sistema é precursor nas seguintes funcionalidades que elevam a produtividade da telerradiologia:

  • Lista de trabalho única: de qualquer lugar que o radiologista acessar, toda a lista de trabalho está disponível para ele, com todas as imagens e informações necessárias, inclusive se forem de diferentes hospitais e centros de imagens;
  • Modelos de laudos pré-configurados que otimizam o tempo;
  • Reconhecimento de voz para reduzir tempo de digitação;
  • Navegação fácil e intuitiva com poucos cliques.
  • Mais de 1 milhão de exames já foram laudados pelo ONRAD

Quer proporcionar um ambiente controlado, seguro e rápido, com completa gama de serviços para a realização de seus laudos à distância? Fale agora mesmo com nossos especialistas e saiba como podemos te ajudar. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top