fbpx skip to Main Content
PACS: Como Surgiu E Quais São As Perspectivas Futuras?

PACS: como surgiu e quais são as perspectivas futuras?

Se hoje temos agilidade nos processos de diagnóstico por imagens, é porque o PACS (Sistema de Arquivamento e Comunicação de Imagens) vem sendo desenvolvido e aprimorado para otimizar os fluxos de trabalho.

Mas como ele surgiu e o que podemos esperar do futuro?

Neste artigo, você conhecerá a história do PACS e qual é a melhor solução no mercado atual.

Como o PACS surgiu? 

Antes da década de 80, tecnologias obsoletas e não integradas gerenciavam os dados dos exames de imagem, impossibilitando que uma imagem gerada em um computador fosse arquivada, exibida ou impressa em outro. 

No entanto, a necessidade de agilizar os processos nos centros de imagens impulsionou o desenvolvimento de softwares para a integração dos dados.

E, por volta de 1980, efetivamente surgiu o PACS, cuja implantação, inicialmente, foi feita por engenheiros em universidades nos EUA e na Alemanha.

Apesar de mostrar o potencial de interface com outros sistemas e análise das imagens em cópia eletrônica, era uma inovação ainda muito cara na época. Centralizada em grandes fabricantes e seu uso não era prático para os hospitais fora das universidades. Logo, ajustes no PACS tiveram que ser feitos.

Por volta de 1990, com o aprimoramento do PACS, hospitais e centros de imagens passaram a utilizá-lo em seus fluxos de trabalho, inclusive foi quando chegou ao Brasil.

O que inovou os serviços de radiologia com informações digitais, sem precisar de filmes para análises e diagnósticos, reduzindo os custos com armazenamento e impressão.

O PACS no século XXI

Ao longo dos anos, a tecnologia do PACS continuou a avançar. Hoje, no século XXI, muitos PACS tornam possível:

  • Transmissão de imagens em segundos: a necessidade de distribuição de imagens cresceu. A transmissão dos arquivos com muitos megabytes ocorre rapidamente para outras estações de trabalho, incluindo as que estão fora do hospital/centro de imagem;
  • Mais precisão no diagnóstico: a visualização das imagens em alta qualidade, zoom, rotação 3D e o compartilhamento de informações com médicos terceiros favorecem o diagnóstico com mais precisão;
  • Armazenamento em nuvem: além disso, o arquivamento de informações realizado em nuvem, reduz o custo com infraestrutura de TI, possibilitando a telerradiologia para o diagnóstico a distância;
  • Inteligência artificial: para complementar a atuação do médico radiologista na análise e laudo, padrões e algoritmos definidos reduzem o tempo de leitura de imagens, aumentando a produtividade e a assertividade no diagnóstico;
  • Centralização de dados dos pacientes: a integração do PACS com o RIS (Sistema de Informações Radiológicas) e HIS (Sistema de Informações do Hospital) centraliza os dados e permite acesso rápido ao que é necessário para a realização do exame, diagnóstico e laudo. Para que isso seja possível, o hospital deve ter uma estrutura de rede adequada e estar de acordo com a DICOM (Digital Imaging and Communications in Medicine), que é o padrão global para o compartilhamento de imagens e informações médicas. 

Em conclusão, o PACS torna-se essencial na radiologia e fundamental para as decisões sobre a saúde do paciente.

Perspectivas futuras do PACS

A velocidade e a necessidade do compartilhamento de informações só tendem a crescer. O que exige sistemas escaláveis, flexíveis e abertos que combinem tecnologia para um diagnóstico cada vez mais preciso.

Para isso, o futuro do PACS está relacionado a:

  • Acompanhar a evolução dos equipamentos de imagens, por exemplo, tomografia, ressonância, medicina nuclear, ultrassonografia etc., para continuar operando em mesmo nível de desempenho;
  • Trabalhar com informações multidisciplinares e que vão além da radiologia, como a cardiologia, dermatologia, gastroenterologia entre outros;
  • Apresentar soluções cada vez mais remotas, já que a telemedicina já é uma realidade. Portanto, deverá atualizar-se com inovações de armazenamento em nuvem para garantir acesso rápido, prático, seguro e intuitivo por diferentes pessoas, em qualquer dispositivo, local e horário.

Conheça a solução 2M: o PACS com visão de futuro

Desde 2006, a 2M tem um portfólio de soluções específicas que contemplam os serviços e otimizam os processos.

Sua solução em PACS, por exemplo, é referência na radiologia, uma plataforma desenvolvida e implantada pela própria 2M Solutions. A primeira empresa nacional a criar uma plataforma integral e completa de telerradiologia, operando em nuvem de forma segura, eficaz e confiável.

O software da 2M está sempre a frente do mercado, criando o futuro para atender às necessidades atuais. Tem tradição em inovações constantes que elevam o desempenho dos serviços de saúde em todo o território nacional.

Suas funcionalidades fazem dele a melhor solução de PACS no mercado atual:

  • Customização e personalização de acordo com o nível de serviço do hospital, visto que a implantação é feita pela mesma empresa que o desenvolveu, que está sempre pronta para atender aos desafios únicos de cada cliente;
  • Acesso a distância do exame, laudo e resultados anteriores para visualização e análise pelo médico solicitante ou terceiro, sem duplicação de conteúdo e sem travamento entre etapas;
  • Inteligência artificial analisando as imagens e indicando possibilidades de diagnóstico. Eficácia que foi comprovada na pandemia da Covid-19 em 2020;
  • Integração com sistemas distintos, pois elimina repositórios de dados. Assim, eles aparecem na tela rapidamente, mesmo se foram originados em um outro um sistema, arquivo de outro fornecedor, por exemplo;
  • Protocolos padronizados para definir como o seu serviço de radiologia vai atuar, aumentando a segurança do seu negócio.

Em conclusão, grandes hospitais, reconhecidos internacionalmente, utilizam o software da 2M Solutions para o gerenciamento de exames radiológicos, como o Hospital do Rim e o Instituto de Câncer Doutor Arnaldo.

Faça como eles, tenha um sistema eficiente em seu centro de imagem.

Solicitar atendimento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top